• (45) 3027-2551
  • (45) 99834-2934
  •         
Foz do Iguaçu, Paraná    º ↓º    24 Mai | 10h25
Revista
DIVA MAG
Assine Já
13 Mai | 15:45:37

10 Benefícios da pimenta

Publicidade



Rica em capsaicina, um poderoso antioxidante e anti-inflamatório, a pimenta vai muito além de adicionar sabor aos pratos. Se consumida de forma consciente tem inúmeros benefícios. Selecionamos 10 ótimos motivos para você inserir essa especiaria na sua dieta:

  1. Antioxidante

Essa propriedade presente na pimenta ajuda a combater o envelhecimento precoce. Beleza que se põe no prato!

  1. Facilita a digestão

Ingerir pimenta aumenta a salivação e a secreção gástrica, o que potencializa a produção de enzimas e suco gástrico e facilita a digestão.

  1. Ajuda a emagrecer

Consumir pimenta eleva a temperatura do organismo e aumento o gasto calórico. Além de acelerar o metabolismo ela estimula o sistema nervoso, gerando aumento da liberação de catecolaminas, noradrenalina e adrenalina. Essas substâncias diminuem o apetite.

  1. Controla o colesterol

Com o consumo, os níveis do colesterol bom (LDL) e dos triglicerídeos ficam controlados. Assim, a pressão arterial também fica em dia.

  1. Previne o câncer

Seus componentes são considerados quimiopreventivos, antimutagênicos e anticarcinogênicos, o que previne vários tipos de câncer.

  1. Aumenta a libido

Rica em substâncias que ajudam a aumentar o ânimo e a disposição dos casais, a pimenta libera odores que estimulam o apetite sexual.

  1. Combate a diabete

A capsaicina reduz o nível de glicose sanguínea e aumenta as taxas de insulina.

  1. É boa para o sistema circulatório

Suas vitaminas A, C, algumas do complexo B, além do potássio e do cálcio fazem com que ela seja ótima para o sistema circulatório. Suas substâncias impedem a formação de coágulos e aumentam o calibre dos vasos sanguíneos, diminuindo as chances de um ataque cardíaco ou AVC (acidente vascular cerebral).

  1. Afasta a depressão e alivia a dor

Pela presença de adrenalina e noradrenalina, quem consome a pimenta acaba ficando em estado de alerta, o que melhora o ânimo de pessoas deprimidas. Ao aumentar o fluxo sanguíneo periférico ela pode ajudar em casos de enxaqueca.

  1. Ação anti-inflamatória

Mais uma vez, a heroína é a capsaicina, que tem forte ação anti-inflamatória. Especialistas indicam o consumo diário de seis pimentas dedo-de-moça ou meia pimenta malagueta por dia, para atingir as taxas necessárias de capsaicina.

Agora é só dar um jeitinho de inserir a pimenta na sua dieta. Mas não cometa exageros para que o consumo não seja prejudicial à sua saúde.

 

Na medida certa: equilíbrio é fundamental para extrair o máximo de proveito no consumo. Lembre-se que exageros podem ser prejudiciais a saúde por isso o ideal é o consumo esporádico. Lembre-se quanto mais forte o sabor da pimenta, maior o seu conteúdo de capsaicina, que está presente principalmente nas sementes e nas nervuras da casca da pimenta.

 

Faça sua conserva!

Essa é uma opção prática e saudável para temperar as refeições. Você mesmo pode plantar a sua e produzir a sua conserva fresquinha. Para o plantio opte por vasos médios, de cerca de 30 cm de diâmetro. Regue sempre que a terra estiver seca, de preferência pela manhã ou ao final da tarde. Para guiar o crescimento você pode amarrar uma estaca fina ao lado do pimenteiro.

Pimentas a mão, vamos a nossa receita de conserva:

 

Ingredientes

  • 300 g de pimenta de sua preferência
  • 300 ml de vinagre de álcool branco
  • 2 colheres de sopa de sal
  • Folhas de louro a gosto
  • Alho a gosto

 

Modo de Preparo

Passe óleo ou azeite nas mãos para evitar que a ardência da pimenta passe para a pele. Lave e seque bem as pimentas, colocando-as em seguida na forma de camadas em um recipiente de vidro lavado e fervido. Se desejar, acrescente folhas de louro e dentes de alho para dar mais sabor à conserva. Em seguida, misture em outro recipiente o vinagre e o sal, e adicione ao vidro com as pimentas. Tampe bem e use a conserva quando desejar.

 

Publicidade

Compartilhar


Posts Relacionadas


Comentários