• (45) 3027-2551
  • (45) 99834-2934
  •         
Foz do Iguaçu, Paraná    º ↓º    21 Ago | 13h07
Revista
DIVA MAG
Assine Já
19 Ago | 16:54:57

Jato de plasma e eletrocautério




Com o avanço da idade, é normal que nosso organismo produza menos proteínas que influenciam na firmeza e viscosidade natural da pele, o que leva a uma maior incidência de rugas, linhas de expressão e flacidez. Além da idade, ainda temos fatores externos que aceleram ainda mais essa oxidação, como por exemplo exposição solar e poluição.

Por isso, há todo momento, surgem novas técnicas de estética para nos beneficiar, como é o caso de um dos últimos métodos vindo da Europa para agradar as brasileiras chamado jato de plasma. Para saber mais sobre o assunto, é só seguir com a leitura!

 

UM APARELHO REVOLUCIONÁRIO PARA OS TRATAMENTOS ESTÉTICOS.

O plasma é um gás ionizado com íons e elétrons e ao ser aquecido e em contato com o oxigênio produz o plasma. Esse emissor de ondas elétricas de corrente alternada ou contínua atinge somente o estrato córneo do tecido epidérmico, não causando danos às camadas inferiores, folículos pilosos e outras estruturas.

Além disso, o Jato de Plasma tem sido muito usado para preparar as peles para o Peeling a Laser.

 

O QUE É JATO DE PLASMA?

O jato de plasma é uma técnica inovadora do mercado estético que visa reduz a flacidez da pele.

Desde 2005, o método vem agradando pessoas por todo o mundo pelos seus incríveis, rápidos e duradouros resultados, resolvendo até alguns casos de flacidez que outros métodos conhecidos e muito mais comuns não conseguiam solucionar. Neste método usa-se um aparelho caracterizado por ser um gerador de plasma.

Para quem não sabe, o plasma é o quarto estado da matéria, em que os elétrons se separam dos átomos e isso produz um gás ionizado.

No procedimento, esse gás pode ser aplicado na pele através de despigmentadores elétricos, os quais influenciam no tipo de profundidade e raio de ação do jato de plasma; quando aquecido, chega na pele atingindo somente o estrato córneo da epiderme, ou seja, a camada mais externa, sem atingir as mais inferiores.

 

INDICAÇÕES DO TRATAMENTO:

A aplicação do jato de plasma é muito precisa e é ideal para tratamentos como: Melanoses solares ou manchas senis, de qualquer parte do corpo e rosto, retirada de pintas e verrugas, blefaroplastia sem cortes e trata também rugas e linhas de expressão promovendo aumento do colágeno e contração das rugas.

Os Eletrocauterizadores conseguem promover o mesmo efeito do que o jato de plasma. Esses procedimentos migraram da área médica para a estética, os aparelhos profissionais promovem despigmentação de sobrancelhas, clareamento de manchas como melanoses, efélides e manchas senis, atuam na aplicação de rugas também e promovem tratamentos para estrias e cicatrizes de acne assim como o jato de plasma.

Durante o procedimento os eletrocautérios disparam jatos de energia elétrica em um campo magnético seco, no caso a pele, não necessitando de nenhum meio condutor como no plasma. A aplicação de anestesia tópica para a cauterização dos tecidos se faz necessária.

Após o tratamento a paciente pode aplicar em casa ativos cosméticos regeneradores que irão auxiliar na cicatrização. O tempo de total cicatrização da pele deve ser aguardado em torno de 30 dias, mas já no ato da aplicação é possível observar resultados instantâneos, principalmente na aplicação para manchas.

No dia do tratamento, recomenda-se que nenhuma maquiagem seja usada na área que foi trabalhada, o que tornará mais rápido a limpeza. Após o tratamento, a paciente pode sentir uma sensação de queimação, mas só deve durar algumas horas. O profissional aplicará um gel refrescante na área ou mesmo um cosmético regenerador da pele.

No Jato de Plasma e Eletrocautério, a recuperação da cliente é bem em rápida e os resultados podem ser notados logo na primeira sessão.

 

ÁREAS ONDE PODE SER APLICADO:

•  Áreas com sinais de idade;

•  Áreas com manchas de sol;

•  Áreas com verrugas filiformes e planas;

•  Partes do corpo com dermatose em geral;

•  Rugas e linhas de expressão;

•  Pálpebras flácidas;

•  Olheiras;

•  Áreas micropigmentadas;

•Em tatuagens pequenas para clareamento;

•Na face, como lifting;

•No colo e pescoço, trazendo rejuvenescimento;

•Na região da papada;

•Em locais com cicatrizes de acne;

•Em locais do corpo com estrias brancas ou vermelhas (vermelhas saem mais facilmente);

• Em locais do corpo com cicatrizes atróficas ou hipertróficas.

 

 

No último dia 27 e 28 de abril o professor Ricco Porto esteve ministrando a técnica em Foz do Iguaçu. A Juliane Jebai participou e é uma habilitada nos tratamentos com eletrocautérios.


Compartilhar


Posts Relacionadas


Comentários