• (45) 3027-2551
  • (45) 99834-2934
  •         
Foz do Iguaçu, Paraná    º ↓º    31 Mai | 13h17
Revista
DIVA MAG
Assine Já
18 Mai | 15:38:49

Transformação à vista!




O competente e respeitável Stephen Kanitz divulgou no seu Facebook, uma lista das 70 principais realizações do governo Bolsonaro, em seus primeiros 6 meses! Seguramente estamos diante de uma gigantesca transformação positiva em nosso país, que nossa aparelhada e deprimida imprensa, insiste em ignorar!

Neste período, é disparado o melhor governo da nossa história republicana. Listamos aqui, os principais pontos levantados por Stephen Kanitz, são medidas que mudam o comportamento dessa nação, que mexem no status quo, que mexem com nossa estagnação.

Há mais 30 medidas e MPs de cunho operacional, mas esse tipo de medida seus antecessores também fizeram nos seus primeiros meses.

 

Uma Avaliação Honesta dos 6 Meses de Bolsonaro:

 

1. Foi o primeiro Presidente a ser eleito sem Caixa 2, sem enormes gastos de propaganda, sem compra de votos. Bolsonaro mostra que é possível se eleger sem corrupção, uma lição para os demais partidos furiosos.

2. Elege a maior bancada Libertária e Liberal, cujo objetivo é resgatar o poder do brasileiro de decidir usurpada pelo domínio incontrolado do Estado desde 1500.

3. Foi o primeiro Presidente a não negociar seus Ministros com o Legislativo, que assim nunca obedeciam ao Presidente, mas sim aos interesses do Partido.

4. Reduziu os Ministérios para um número administrativamente viável, 22.

5. Colocou vários Militares como Ministros, selecionados ao longo de 30 anos internamente por competência, e que têm muito mais conhecimento administrativo do que os políticos de partidos escolhidos até então.

6. Primeiro a efetivamente cumprir a promessa de combate à corrupção, indicando o Ministro Sérgio Moro, o primeiro Ministro no Brasil com experiência comprovada no combate à nossa corrupção endêmica há 500 anos.

7. Estabelece decreto regulamentando os critérios, o perfil profissional e os procedimentos gerais para a ocupação de cargos em comissão e funções comissionadas na administração federal direta, incluindo autarquias e fundações. A medida atinge mais de 24.000 cargos (DAS).

8. Escolhe Paulo Guedes, o primeiro Ministro da Economia a trabalhar no mundo real e não no acadêmico.

9. Escolhe um Ministro da Educação disposto a resgatar o ensino de Ciências e das Exatas, consideradas desumanas até então.

10. Escolhe um Ministro de Relações Exteriores comprometido a defender os interesses do Brasil em vez de Bolívia, Cuba e Venezuela.

11. Fruto dessa escolha, finalmente fechamos Acordo Comercial com a União Europeia.

12. Demitiu nos primeiros dias 320 “comissionados” somente na Casa Civil, uma economia de R$ 1,8 bilhão.

13. Demitiu mais 21.000 cargos "comissionados" com uma economia para o povo brasileiro estimada pelo governo em R$ 160 bilhões com a medida.

14. Bolsonaro resgata o conceito que MPs deverão ser aprovadas por mérito e não por compra de votos com o Legislativo. Razão da oposição de Rodrigo Maia, que perde assim poder.

15. Realiza 23 leilões de portos, aeroportos e ferrovias em seis meses, quando nos demais governos demoravam anos. No total, foram arrecadados mais de R$ 7 bilhões.

16. Reduz as invasões de terra que inibiam novos investimentos no setor agrícola, de 43 invasões por ano em 2018 para uma em 2019.

17. Exige devolução de R$ 126 bilhões do BNDES, que foi uma forma de pedalada que governos anteriores usaram para promover o crescimento de outros países, em detrimento do Brasil, sem autorização do Congresso.

18. Bolsonaro assina ato que retira qualquer sigilo de operações de crédito envolvendo recursos públicos do BNDES, Caixa, BB permitindo fiscalização pelo TCU.

19. Bolsonaro criminaliza o Caixa 2 dos Partidos, forma pela qual todos os Presidentes anteriores foram eleitos, início da corrupção.

20. Introduz o pagamento de 13º para o Bolsa Família, ao contrário do que os demais candidatos disseram nas suas campanhas que Bolsonaro iria acabar com o Bolsa Família.

21. Os homicídios e crimes violentos tiveram uma redução da ordem de aproximadamente 25% com relação a 2018 em todo país, um dado impressionante.

22. A morte de policiais em ação, por outro lado, diminuiu mais de 10% no mesmo período.

23. Bolsonaro pede ingresso na OECD, um bloco de cooperação mútua de valor. Quando governos anteriores nos ingressaram no Foro de São Paulo, e na Nação Bolivariana, onde perdemos uma Refinaria para a Bolívia.

24. Bolsonaro enfrenta o lobby dos cinco Bancos oligopolistas e cria a Empresa Simples de Crédito, que serão 10.000 mini bancos competindo com os grandes. É o início de uma plataforma competitiva de Bancos Comunitários, como nos Estados Unidos.

25. Primeiro Presidente a investigar a caixa preta do BNDES. Demite Joaquim Levy que queria encobrir as operações. Será o maior escândalo financeiro da história do mundo, superior à Lava Jato.

26. Propõe reduzir IR de empresas que reinvestem seus lucros, e criar imposto de renda para empresas que distribuírem os seus lucros. Nenhum Presidente anterior percebeu que taxar lucros reinvestidos das empresas é um tiro no pé no crescimento futuro dos impostos e do Brasil.

27. Segundo a Folha de São Paulo, insuspeita, Bolsonaro cumpre 66% das metas prometidas para os primeiros 100 dias. Todos os demais estavam aquecendo seus assentos.

28. Cria o Programa de Estímulo Familiar na Agricultura.

29. Cria o Ciência na Escola. Hoje praticamente não se ensina Ciências Exatas nas escolas, razão pela qual somos tão ruins em Matemática, que fica chato e sem nexo.

30. Incentiva a Olimpíada Nacional de Ciências onde jovens inventores podem mostrar suas ideias e serem valorizados. Hoje só valorizamos a Academia de Letras e seus acadêmicos.

31. Primeiro a criar uma Auditoria nos pagamentos do INSS. Prevê-se que detectarão R$ 100 bilhões de fraudes permitidas por antecessores.

32. Primeiro Presidente a alertar sobre os indevidos privilégios aferidos por funcionários públicos, e na Reforma da Previdência, a um enorme custo político pessoal.

33. Cria MP proibindo o judiciário de impor cláusulas que não figuravam nos contratos entre duas pessoas.

34. Exige profissionalização em cargos financeiros em instituições financeiras estatais que antes eram dados a políticos sem nenhuma capacitação financeira.

35. Sanciona o Cadastro Positivo, beneficiando os 130 milhões de brasileiros que são bons pagadores, reduzindo os juros cobrados. Hoje só temos o Cadastro Negativo que aumenta os juros.

 

E que sigam as transformações. Boa leitura e bom entretenimento. Até a próxima.


Compartilhar


Posts Relacionadas


Comentários