• (45) 3027-2551
  • (45) 99834-2934
  •         
Foz do Iguaçu, Paraná    º ↓º    29 Jan | 08h03
Revista
DIVA MAG
Assine Já
13 Jan | 15:17:24

Tudo azul!




Cor do ano da Pantone para 2020 é o Classic Blue inspirando confiança e serenidade para adentrar uma nova era.

 

Atemporal: essa é a palavra que descreve a cor eleita para o próximo ano. O Classic Blue é “como o céu ao entardecer”, de acordo com a empresa de consultoria de cores. Desde os anos 2000 a Pantone escolhe uma cor para guiar as tendências na moda e design. Depois do Ultra Violet de 2018 e o Living Coral deste ano, a cor eleita para 2020 vem para representar uma nova era, aumentando as conexões humanas e a empatia, aproveitando dos conceitos da psicologia das cores para retomar e criar conceitos em torno da cor.

 

A escolha da cor

O objetivo de se eleger uma cor todo ano é de inspirar e se comunicar com a humanidade de acordo com as análises feitas para o próximo ano. A tradição nasceu no ano 2000, quando por conta da virada do século, criou-se uma comoção mundial acreditando que algo de ruim aconteceria, até mesmo no mundo iniciante mundo digital, em que se esperava o bug do milênio. A preocupação foi tanta, que a Pantone, que ainda não era uma marca conhecida mundialmente, resolveu lançar uma cor para aquele início de milênio, que seria tranquilizadora e inspiradora para todas as pessoas, resultando na Cerulean, um azul clarinho nomeado “Cor do Milênio”. A tradição de aguardar a tendência lançada pela empresa e aplicá-la nos mais diversos segmentos do mercado começou aqui no Brasil em 2015 com a cor Marsala.

 

O poder das cores

De acordo com a psicologia, nosso cérebro lê e interpreta cores de diversas maneiras, associando-as a sensações. Johann Wolfgang Von Goethe, famoso romancista alemão, foi quem criou os estudos sobre as cores com seu livro “A Teoria das Cores”, que depois de ser traduzido para o inglês, foi amplamente usada. Segundo ele, a cor não depende só de seu tom e da luz que incide sobre ela, mas também, da nossa percepção. A identificação dos tons é subjetiva, ou seja, variável de pessoa para pessoa de acordo com suas experiências, mas os efeitos das cores são universais, e por isso são estudados por publicitários, designers, estilistas, artistas e outras áreas que precisam que seus produtos sejam extremamente expressivos.

 

Confira algumas imagens com composições que utilizam o Classic Blue e se apropriam muito bem de sua estética.

 

 


Compartilhar


Posts Relacionadas


Comentários